Sobre nós

O Centro de Equoterapia do Vale do Aço, Equo e Vida fundado em 28 de Junho de 2016, tem como finalidade oferecer a Equoterapia como meio de reabilitação, de educação e de inserção social para melhorar a qualidade de vida de pessoas com deficiência ou necessidades especiais visando consolidar-se como referência na aplicação das atividades de Equoterapia no Brasil.

equo e vida

Equoterapia

A Equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar, nas áreas de Saúde, Educação e Equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência e/ou necessidades especiais.

A interação com o cavalo, incluindo os primeiros contatos, os cuidados preliminares, o ato de montar e o manuseio final desenvolvem, ainda, novas formas de socialização, autoconfiança e autoestima.

A Equoterapia é um tipo de terapia complementar que só poderá ser iniciada após prévia avaliação dos profissionais do Centro de Equoterapia e mediante apresentação de laudo médico.

Equipe

Profissionais Habilitados em Equoterapia pela ANDE-BRASIL

Ádla Pontes
Psicóloga
CRP 4ª/22048
Gustavo Holzmeister
Fisioterapeuta
CREFITO 4/94066F
Melissa Moreira Assis
Fisioterapeuta
CREFITO 4/44089F

Reconhecimento

Este método é reconhecido no Brasil pelo:

  • Conselho Federal de Medicina – CFM (desde 6 de abril de 1997)
  • Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional – CONFFITO
    (desde 27 de março de 2008)
  • Secretaria de Educação do Distrito Federal – SEDF

Benefícios

  • Adequação do tônus muscular;
  • Melhora na coordenação motora e do equilíbrio;
  • Controle da cabeça e do tronco;
  • Desenvolvimento da força muscular;
  • Relaxamento;
  • Conscientização do próprio corpo;
  • Melhora na atenção e concentração;
  • Socialização, autoconfiança e autoestima;
  • Ativação dos sistemas cardiorrespiratórios e musculoesqueléticos;
  • Alívio do stress e da ansiedade;
  • Etc.

Indicações

  • Paralisia Cerebral (Encefalopatia Crônica da Infância);
  • AVE (Acidente Vascular Encefálico);
  • ADNPM;
  • Síndrome de Down;
  • TCE;
  • Lesão Medular;
  • Dificuldade da aprendizagem e da Linguagem;
  • Distúrbios de Comportamento;
  • Autismo;
  • Déficit de Atenção e Concentração;
  • Hiperatividade;
  • Etc.